Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

10 MOTIVOS QUE PODEM DERRUBAR DILMA,SEGUNDO O "FINANCIAL TIMES"

Imagem
Dilma Rousseff (Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil)
10 motivos que podem derrubar Dilma, segundo o Financial TimesPetrobras, água e inflação estão na lista O blog Beyond Brics, do jornal Financial Times, publicou nesta quarta-feira (25/02) uma lista com 10 motivos que podem motivar a saída da presidente Dilma Rousseff do cargo. Nas redes sociais, foram criados vários eventos que pedem o impeachment de Dilma, mas por enquanto não há nada concreto sobre essa possibilidade. 
"Há tanta coisa dando errado no Brasil que é difícil acompanhar. Por anos, críticos acusaram o governo de incompetência. Agora, suas ações parecem catastróficas — tanto que há boas razões para acreditar que a presidente Dilma Rousseff, que iniciou seu segundo mandato em 1º de janeiro, pode não durar muito", diz o texto do FT. Confira as 10 razões que ele apresenta como ameaças para o seu mandato:
1. Política
A falta de apoio no Congresso é apontada como decisiva para um possível impeachment. Nas últimas eleiçõe…

BRASIL ESTÁ EM ATOLEIRO,DIZ "ECONOMIST" EM MANCHETE DE CAPA

Imagem
Nova edição da Economist destaca o Brasil na capa 
(Foto: Reprodução/Facebook)

Brasil está em atoleiro, diz Economist em manchete de capa Para a revista, "a economia do Brasil está em uma bagunça, com problemas muito maiores do que o governo admite ou investidores parecem perceber"
A revista The Economist volta a dedicar a capa para o Brasil. Na edição latino-americana que chega às bancas, uma passista de escola de samba está em um pântano coberta de gosma verde com o título "O atoleiro do Brasil". Em editorial, a revista diz que a antiga estrela da América Latina "está na maior bagunça desde o começo dos anos 1990". A capa da edição da Economist para o restante do mundo não tem o país como tema principal e dá destaque a outro assunto: o avanço dos telefones celulares.
A Economist diz em editorial que, durante a campanha, Dilma Rousseff "pintou um quadro rosa" sobre o Brasil e a campanha teve o discurso de que conquistas como o emprego, aumento da r…

A DANÇA DOS BILHÕES E O INTERESSE NACIONAL

Imagem
A DANÇA DOS BILHÕES E O INTERESSE NACIONAL
Por MAURO SANTAYANNA  (originalmente publicado na Rede Brasil Atual)


Mauro Santayanna

"Com as multas propostas pelo MP, vamos regredir 15 anos em petróleo gás e na construção naval, demitindo milhares de trabalhadores, e voltar aos anos 1990.

O Ministério Público Federal acaba de propor que se multe as empresas envolvidas com a Operação Lava Jato em mais de R$ 4 bilhões, quando o dinheiro efetivamente desviado comprovadamente ainda não chegou a R$ 400 milhões. Querem criar a figura de "danos morais coletivos", além de multas, para chegar a mais ou menos R$ 10 pagos pelas empresas para cada real desviado. Caso essa tese prospere, vão quebrar todas as empresas, e transformar em sucata centenas de bilhões de dólares em refinarias, portos, navios, complexos petroquímicos, plataformas de petróleo que já estão sendo interrompidos e, provavelmente, serão abandonados com a demissão – que começou no Sul – de milhares de trabalhadores.

A pergu…

SOCIEDADE DE CONSUMO E O OVO DA SERPENTE DO PT

Imagem
Sociedade de Consumo e o ovo da serpente do PT

Qual o significado de  uma comédia brasileira chamada “O Candidato Honesto” (sobre um candidato à presidência popular, corrupto e mentiroso) ser lançada nos cinemas em plena reta final das eleições? Mais do que senso de oportunismo mercadológico, a produção surfa na onda da aversão popular à Política e o fenômeno da despolitização. A inclusão de grande parte dos brasileiros na sociedade de consumo implementada pelo neodesenvolvimentismo dos governos do PT parece mandar a conta: chocou o ovo da serpente que agora arma o bote. Sem educação política, a sociedade de consumo brasileira produz os efeitos ideológicos do próprio consumismo verificados desde o pós-guerra – ideologia meritocrática, ilusão de mobilidade social por meio do consumo de gadgets e aparatos tecnológicos,  a competitividade e o ressentimento. Combustíveis para o discurso midiático da corrupção que ironicamente só cola no PT.
O cinema tem uma longa tradição de representar os …