Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2014

PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DAS FLORES - GERALDO VANDRÉ

Imagem
Pra não Dizer que Não Falei de Flores


Geraldo Pedrosa de Araújo Dias nasceu em João Pessoa PB em 12 de Setembro de 1935. Apresentou-se num programa de calouros na Rádio Tabajara de João Pessoa quando tinha 14 anos. Em Nazaré da Mata, Pernambuco, onde cursava o ginásio em internato, participou de alguns shows organizados para as missões. Foi para o Rio de Janeiro RJ em 1951, e nesse mesmo ano se apresentou no programa de calouros de César de Alencar, no qual foi desclassificado. Aproximou-se então de Ed Lincoln, que nessa época tocava com Luís Eça, na boate do Hotel Plaza, tentando cantar nos intervalos das apresentações. Em 1955, com o pseudônimo de Carlos Dias, defendeu a canção Menina (Carlos Lyra) num concurso musical promovido pela TV-Rio. Mais tarde, o encontro com o folclorista Valdemar Henrique abriu-lhe a oportunidade de se apresentar no programa da Rádio Roquete Pinto, usando o nome Vandré, que resultou da abreviatura do nome do pai, José Vandregisilo. Cursou a Faculdade de Di…

CHUVAS E TROVOADAS NO MUNDO POLÍTICO GLOBAL

Imagem
Para continuar avançando, rumo a posição independente, Brasil precisará enfrentar grande ameaça: a guinada conservadora dos EUA, cada vez mais agressivos, fundamentalistas e provocadores Chuvas e trovoadas“A subida da ladeira exige poder, capacidade de inovação e grande mobilidadee inciativa política, a serviço de uma estratégia de movimento e de enfrentamento globaldas transformações que estão em curso no mundo,e cujo futuro está inteiramente aberto e indeterminado” J.L. Fiori, “ A subida da ladeira”, Outras Palavras, 27 de agosto de 2014

Para calcular o futuro imediato do Brasil, dentro do sistema internacional, é bom partir de um dado de realidade: o avanço da radicalização ultraconservadora da sociedade e doestablishment norte-americano. Um movimento profundo, quase telúrico, cada vez mais religioso, fanático e agressivo, dentro da sociedade, mas com uma repercussão cada vez mais messiânica e intervencionista, no campo da política exterior dos EUA. Como se fosse um tisunami que avanç…

SMARTEC TERIA RECEBIDO R$ 136 MILHÕES PARA FRAUDAR AS ELEIÇÕES PRESIDENCIAS EM 2014 ?

Imagem
ATENÇÃO: Smartmatic recebeu R$ 136 milhões para FRAUDAR as Eleições Presidenciais em 2014 ?
As eleições presidenciais de 2014 ficaram marcadas pelo verdadeiro estelionato de ideias e pela mentira descarada nazista disseminada por João Santana, o tal marqueteiro que segue todos os conceitos nazistas que Joseph Goebels ensinou aos seus seguidores para que uma grande mentira contada várias vezes seja uma verdade absoluta. 

Também tivemos a apuração secreta e vergonhosa das urnas eletrônicas que são extremamente confiáveis e que garantem eleições eternas para o governo nazi-comunista do PT. A grande mídia brasileira fez o belo favor de ajudar o PT nesta campanha que foi a mais suja de todos os tempos, mandaram dinheiro para Cuba e Venezuela na forma de auxiliar todos os seus amigos da famosa Pátria Grande. 

A vitória de Dilma Rousseff não foi justa e mostra que ela venceu apenas pelo fato do Foro de São Paulo precisar da sua grande empresa que garante as suas vitórias eleitorais da mesma for…

DILMA REELEITA : "MUDA MAIS" NÃO É SUFICIENTE

Imagem
Num país polarizado, será preciso ir além do lulismo – dialogando diretamente com sociedade, promovendo reformas redistributivas e enfrentando conservadorismo do Congresso Dilma reeleita: “Muda Mais” não é suficienteEm 1992, às vésperas da chegada das elites neoliberais ao poder no Brasil, o economista Celso Furtado publicou o livro “Brasil: a construção interrompida”. O título da obra era bastante sugestivo, pois o neoliberalismo implicava o abandono do projeto de desenvolvimento baseado na consolidação do Estado-nação brasileiro com base no mercado interno. De fato, a despeito da redução da inflação, da estabilidade econômica e das melhorias nos serviços de telecomunicação obtidas com as privatizações, as reformas neoliberais causaram – no médio prazo – um alto prejuízo social na forma de recessão e desemprego. Na primeira década do século XXI, a construção nacional-desenvolvimentista foi retomada, com a eleição de Lula. O lulismo recuperou o processo de desenvolvimento econômico nac…

POR UM PROGRAMA DE MUDANÇAS PROFUNDAS NO BRASIL

Imagem
“Emergiu um conjunto de propostas que despertam entusiasmo de amplos setores sociais – mas são bloqueadas pelo sistema político. Enunciá-las articuladamente teria enorme importância simbólica” Por um programa de mudanças profundasNas importantes mobilizações dos últimos anos, há esboço de novo projeto para o país. Não será hora de desenvolvê-lo? Por Antonio Martins | Colaborou Graziela Marcheti | Imagem: Sergio Larraín O discurso em favor de uma nova cultura política esvazia-se quando não está acompanhando de um novo projeto de país e de mundo. Se dizemos que as instituições atuais “não nos representam”, não é apenas porque muitos de seus personagens centrais nos desagradam – mas, fundamentalmente, por sentirmos que o sistema político bloqueia transformações para as quais a sociedade já está madura. Porém, quais são mesmo estas transformações?
Desde que se tornaram claros os impasses do lulismo, há um vazio de horizontes programáticos no cenário da esquerda brasileira. É, provavelmente, …

A ONDA CONSERVADORA NO BRASIL E COMO ENFRENTÁ-LA

Imagem
Para derrotar Aécio, Dilma precisa compreender que modelo dos últimos doze anos esgotou-se. Mas ela terá ânimo para giro à esquerda? A onda conservadora e um caminho para enfrentá-laPor Guilherme Boulos O último domingo revelou eleitoralmente um fenômeno que já se observava ao menos desde 2013 na política brasileira: a ascensão de uma onda conservadora. Conservadora não no sentido de manter o que está aí, mas no pior viés do conservadorismo político, econômico e moral. Uma virada à direita. Talvez, o recente período democrático brasileiro não tenha presenciado ainda um Congresso tão atrasado como o que foi agora eleito. O que já era ruim ficará ainda pior. O pântano de partidos intermediários, cujo único programa é o fisiologismo, cresceu consideravelmente. A bancada da bala e os evangélicos fundamentalistas tiveram votações expressivas em vários Estados do país. O deputado mais votado no Rio Grande do Sul foi Luis Carlos Heinze, que recentemente defendeu a formação de milícias rurais par…

REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA REVELA TUDO SOBRE A PRISÃO DOS BILIONÁRIOS DO PETROLÃO QUE ROUBAVAM A PETROBRAS COM A COMPLACÊNCIA DE LULA E DILMA, SEGUNDO ACUSAÇÃO O DOLEIRO YOUSSEF.

Imagem
REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA REVELA TUDO SOBRE A PRISÃO DOS BILIONÁRIOS DO PETROLÃO QUE ROUBAVAM A PETROBRAS COM A COMPLACÊNCIA DE LULA E DILMA, SEGUNDO ACUSAÇÃO O DOLEIRO YOUSSEF.

AQUI UM RESUMO DA REPORTAGEM-BOMBA DA REVISTA VEJA Em um país de instituições mais frágeis, a prisão por suspeita de corrupção de altos executivos das maio­­res empresas nacionais não se efetivaria nunca ou produziria uma crise institucional profunda. Antes, portanto, de entrarmos nos detalhes dessa pescaria da Polícia Federal em águas sujas da elite empresarial, celebremos a maturidade institucional do Brasil — a mesma que foi posta à prova e passou com louvor quando o Supremo Tribunal Federal (STF) mandou para a penitenciária a cúpula do partido no poder responsável pelo escândalo do mensalão. O 'CAPO', AMIGÃO DO LULA. Esse senhor pesadão, bem vestido, puxando uma maleta com algumas mudas de roupa e itens de higiene pessoal, não está se dirigindo a um hangar de jatos executivos para mais uma viagem de …

SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL JÁ TEM 70 NOMES EM ANÁLISE DE POLÍTICOS CITADOS NA OPERAÇÃO LAVA JATO

Imagem
STF já tem 70 nomes em análise de políticos citados na Lava JatoEstá muito próximo o dia em que a Operação Lava Jato, que investiga corrupção na Petrobras, chegará de uma vez ao mundo da política. O ministro Teori Zavascki, relator do caso no Supremo Tribunal Federal, analisa o que fazer com os nomes de 70 pessoas citadas nas investigações e delações premiadas.
Esses 70 nomes são de pessoas com foro privilegiado –que só podem ser julgadas pelo STF, ou seja, políticos com mandato no Congresso Nacional, por exemplo.
Quem contou ao Blog sobre o volume de nomes de políticos em análise no STF foi o presidente nacional de um dos maiores partidos brasileiros. Ele teve acesso à informação, mas não aos nomes exatamente que estão nas mãos do ministro Teori Zavascki.
As agremiações mais atingidas, de longe, são PMDB, PP e PT.

Por Fernando Rodrigues

Fonte:http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2014/11/14/stf-ja-tem-70-nomes-em-analise-de-politicos-citados-na-lava-jato/

PERPLEXIDADE EM BRASÍLA COM OPERAÇÃO LAVA JATO DA POLÍCIA FEDERAL RESULTANDO NAS PRISÕES DE EXECUTIVOS DE EMPREITEIRAS

Imagem
Perplexidade em BrasíliaUm clima de perplexidade tomou conta do mundo político em Brasília com a nova etapa da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Parlamentares da base aliada estão preocupados com o que consideram um avanço rápido das investigações em cima dos corruptores – os executivos de grandes empreiteiras.
No Palácio do Planalto o ambiente é de preocupação. Apesar da ressalva de assessores do governo de que pessoalmente a presidente Dilma Rousseff está blindada, há o reconhecimento interno de que o aprofundamento das investigações vai criar uma crise política sem precedentes, além de fragilizar a imagem da Petrobras, a maior estatal do país.
Um integrante do governo reconhece, porém, que apesar da blindagem de Dilma,  a gestão da estatal durante o período do governo Lula já está atingida. Assessores mais próximos da presidente já defendem internamente que é preciso fazer um discurso preventivo para mostrar que Dilma iniciou mudanças na estatal, com demissão dos ex-diretores…