Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2018

PRIMAVERA FEMINISTA NO BRASIL

Imagem
Manifestantes em defesa dos direitos das mulheres em protesto nesta quinta-feira o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, na Avenida Paulista, em São Paulo.ROBERTO PARIZOTTISECOM CUTPrimavera feminista no Brasil
Em outras nações, as mulheres lutam por salários iguais. No Brasil, para não retrocederem em suas conquistas

Em 31 de outubro de 2017, cerca de 15.000 mulheres brasileiras saíram às ruas em São Paulo e outros milhares em outras grandes cidades do país. O protesto se reproduziu nesta quinta-feira, voltará amanhã e se repetirá no final do mês. Não é comum que as mulheres brasileiras saiam à rua para dizer “basta” ao machismo. Por isso, é algo que surpreendeu os cidadãos. Até o ponto de haver revistas, como Época, que batizaram a questão como “a primavera das mulheres brasileiras”.

Há várias razões para essa explosão social não antecipada e imprevisível. Uma delas começou a engendrar-se após a realização, há algumas semanas, da edição brasileira do Masterchef infantil. As redes sociai…

BRASILEIRO PODE FUMAR MACONHA NO URUGUAI ?

Imagem
Brasileiro pode fumar maconha no Uruguai?
Estrangeiros não podem comprar a droga pela lei, mas já existe um mercado cinzaDesde 1974, o consumo de drogas no Uruguai em lugares públicos é permitido por lei. Naquele ano, quando o país ainda vivia uma ditadura, um decreto-lei instituiu penas para todos os que produzissem, importassem ou vendessem drogas, mas eximiu de qualquer punição aqueles que fossem pegos com uma quantidade pequena para consumo pessoal. Ainda assim, poucas pessoas falavam do país como um lugar atraente para fazer uma viagem mais animada naquela época. O interesse só foi despertado quando, em 2013, sob o governo do ex-presidente José Mujica, o governo regularizou a maconha. Atualmente, existem 38 clubes em que várias pessoas se unem para plantar a maconha e compartilhar a produção. Um total de 6235 cidadãos uruguaios estão autorizados a ter até seis mudas no quintal de suas casas. Na primeira quinzena de julho de 2017, farmácias começarão a vender o produto para consumido…

POBRES CONTRA O ABORTO,RICOS A FAVOR DAS ARMAS: AS CLASSES DIVIDEM OS CONSERVADORES NO BRASIL

Imagem
Marcha Nacional da Cidadania pela Vida e Contra o Aborto, em 2016.VALTER CAMPANATOAGÊNCIA BRASILPobres contra o aborto, ricos a favor das armas: as classes dividem os conservadores
Pesquisa Datafolha mostra que questões de costumes são mais caras à população de rendas mais baixas e de maior idade Cresce apoio à pena de morte e à redução da maioriade idade penal Para 57% dos brasileiros, uma mulher que pratica aborto deveria ir para a cadeia. A maconha deveria continuar proibida na opinião de 66%. Quase seis entre dez brasileiros acreditam que o país deveria adotar a pena de morte e oito de cada dez declaram que a maioridade penal deveria ser rebaixada para 16 anos. E há ainda 42% que creem que a posse de arma de fogo deveria ser legalizada no país. Estes são os resultados de uma pesquisa Datafolha sobre temas polêmicos realizada no final de novembro passado e divulgada na íntegra nesta semana. Se, por um lado, ela mostra que o apoio a temas conservadores é grande no Brasil, quando olhada…