Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

VÍRUS ZIKA ATERRORIZA FAMÍLIAS NO BRASIL

Imagem
Matheus Lima e Kleisse Marcelina com seu filho Pietro, que sofre de microcefalia, em Salvador, no dia 27 de janeiro de 2016
Vírus zika aterroriza famílias no Brasil
Por Natalia RAMOS AFP 28 de janeiro de 2016
Mateus Lima tinha grandes sonhos para seu filho, mas que eles se foram no parto. A explicação mais provável neste momento é que um mosquito infectou sua esposa durante a gravidez e afetou irreversivelmente a vida da criança. "Quando nasceu foi como uma bomba. Tinha tantos sonhos. Eu queria que praticasse esportes, brincasse, fosse saudável e forte", declara à AFP, sentado ao lado de sua esposa, Kleisse Marcelina, em uma enfermaria do hospital Irmã Dulce, em Salvador, em um dos estados mais atingidos pela explosão de casos de bebês nascidos com microcefalia no país. O ministério da Saúde adota a medida de 32 cm de perímetro cefálico para identificar bebês com possível microcefalia, uma malformação que está associada ao contágio das mulheres grávidas pelo vírus Zika, transmitido…

BRASIL PIORA EM RANKING DA CORRUPÇÃO;PARA TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL RESULTADO NÃO É SURPRESA

Imagem
O empreiteiro Marcelo Odebrecht foi um dos presos pela Lava Jato em 2015 Brasil piora em ranking da corrupção; para Transparência, resultado não é surpresaO Brasil caiu sete posições e amargou sua pior colocação desde 2008 no ranking sobre a percepção da corrupção de 2015 produzido pela ONG (organização não governamental) Transparência Internacional e divulgado nesta quarta-feira (27). Em 2014, o Brasil estava na 69ª posição. Em 2015, no entanto, o Brasil apareceu na 76ª colocação, a maior queda entre todos os 168 países pesquisados. Segundo a entidade, o escândalo da Lava Jato foi um dos principais responsáveis pela queda do Brasil no ranking. 
A Transparência Internacional produz o ranking da corrupção desde 2001. Segundo a ONG, a lista é uma ferramenta para avaliar como executivos e integrantes de instituições internacionais avaliam o grau de transparência dos países.
Em 2015, a pesquisa foi realizada a partir de entrevistas com integrantes de 12 instituições como o Banco Mundial, Fór…

MARIANA : AS CONSEQUÊNCIAS DO MAIOR DESASTRE AMBIENTAL DO BRASIL

Imagem
Mariana: As consequências do maior desastre ambiental do Brasil Entre o luto e a saudade: um panorama do maior desastre ambiental do Brasil. Entenda as consequências da enxurrada de lama de rejeito da mineraçãoCaio Santos,Jornalistas Livres
Quem chega em Gesteira, distrito rural no município de Barra Longa, MG, nunca vai imaginar que antes passava um córrego com água cristalina e havia um campo verde amplo na frente, onde bois e cavalos pastavam. Porque quem chegar hoje em Gesteira não verá um pasto, nem um animal ou um riacho. Verá apenas uma gigantesca lagoa de barro escuro onde antes era um vale. Os moradores descrevem para mim, entre o luto e a saudade, a paisagem onde cresceram e que, provavelmente, nunca mais verão na vida.
Antes esta paisagem daqui era tudo verdinho com uma pastagem e tinha um rio com água clarinha. Acabou tudo.” — diz Claudiano da Costa, morador de Gesteira. Mais de dez dias após a queda das barragens da mineradora Samarco, ainda se desconhece todas as extensões…

POR QUE AS ORGANIZAÇÕES AMBIENTAIS ESTÃO EM SILÊNCIO DIANTE DA VALE?

Imagem
Por que organizações ambientais estão em silêncio diante da Vale? O que chama atenção neste cenário de descaso e impunidade que marca a tragédia de Mariana é o silêncio de organizações ambientais, que não se manifestam acerca desse quadro de destruição. Por que se calam? Uma das mais importantes áreas do litoral brasileiro, do ponto de vista científico e turístico, o santuário de Abrolhos tem a maior biodiversidade de corais do Atlântico. Mancha no oceano que chegou à região sul da Bahia e já atingiu o Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, local com maior biodiversidade de corais do Atlântico, está sendo monitorada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) com a suspeita de que a lama da barragem de Mariana tenha atingido o município de Caravelas.
Marilene Ramos, presidente do Ibama e conselheira do Clube de Engenharia , e Claudio Maretti, presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em entrevista coletiva, i…

2015 FOI O ANO MAIS QUENTE DO MUNDO DESDE O INÍCIO DAS MEDIÇÕES EM 1880 : TRÊS AÇÕES PARA MUDAR O CLIMA GLOBAL

Imagem
2015 foi o ano mais quente doMundo desde o início das medições em 1880
Dezembro foi o mês com a temperatura média mais alta dos últimos 136 anosO ano passado foi o mais quente desde o começo dos registros, em 1880. A Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos EUA (NOAA, na sigla em inglês) deu a confirmação na quarta-feira com a publicação de seu resumo anual. Além disso, o último mês de dezembro foi o mais quente dos últimos 135 anos.
Essa agência, uma das referências internacionais no acompanhamento do processo de aquecimento globalsofrido pelo planeta, concluiu que durante 2015 a “temperatura média global” das superfícies terrestres e oceânica esteve 0,9 graus acima da média do século XX. A média é de 13,9 graus centígrados. Além disso, a flutuação em relação a todo o período em que se tem registros (1880-2015) também foi a maior de todos os tempos. O recorde anterior foi registrado em 2014. A NOAA também afirmou que “dez meses de 2015 tiveram temperaturas recorde”.
As agência…

EL NINO TRARÁ 'IMPACTOS ENORMES' EM 2016 NO BRASIL,ALERTAM CIENTISTAS

Imagem
Image copyrightABrImage captionCombinação inédita de El Niño intenso e aquecimento global deve elevar bastante as temperaturas no verão brasileiro
El Niño trará 'impactos enormes' em 2016, alertam cientistas2 janeiro 2016 O mais forte ciclo do fenômeno climático El Niño registrado até o momento deverá aumentar os riscos de fome e doenças para milhões de pessoas em 2016, alertam organizações humanitárias. Segundo previsões, o El Niño deverá exacerbar secas em algumas áreas e acentuar inundações em outras. Algumas das áreas mais afetadas estão no continente africano, onde a escassez de comida poderá atingir seu pico em fevereiro. Partes do Caribe e das Américas Central e do Sul também deverão ser atingidas nos próximos seis meses.
Especialistas descrevem o El Niño como um fenômeno climático que envolve o aquecimento incomum das águas superficiais e sub-superficiais do Oceano Pacífico Equatorial. Suas causas ainda não são bem conhecidas.
Após analisar imagens de satélite, a Nasa (agên…

CONTRASTE EM RELAÇÃO AO BRASIL : POLÍCIA BRITÂNICA 'ATIROU APENAS TRÊS' VEZES EM UM ANO

Imagem
Image captionMaior parte dos policiais britânicos não usa armas; modelo teria dificuldades de ser implantado no Brasil
Polícia britânica 'atirou apenas três vezes’ em um anoLuiza BandeiraDa BBC Brasil em Londres 17 setembro 2014 Um forte controle sobre o acesso a armas de fogo e condições sociais e culturais fizeram com que as polícias da Inglaterra e do País de Gales disparassem armas apenas três vezes entre maio de 2012 e abril de 2013 – sem matar ninguém. Os números chamam atenção quando comparados aos de outros países. No Brasil, a conta dos tiros dados por ano nem é feita. Em relação às mortes provocadas por policiais, um levantamento feito pela BBC Brasil apontou que, no ano passado, foram mortas 1.259 pessoas pela polícia em 22 Estados brasileiros que forneceram dados à reportagem.
Mesmo nos Estados Unidos, país desenvolvido como o Reino Unido, a média é de 400 mortos pela polícia a cada ano.
Segundo especialistas ouvidos pela BBC Brasil, três fatores ajudam a explicar a baixa le…

O CONTROLE DE ARMAS E MUNIÇÕES PODE AJUDAR A REDUZIR AS MORTES NO BRASIL ?

Imagem
Image caption Homicídios ocorridos no Brasil em 2012 representam 10% de todos os homicídios no mundo
O controle de armas e munições pode ajudar a reduzir as mortes no Brasil?Jefferson Puff Da BBC Brasil no Rio de Janeiro 17 setembro 2014 Sete anos após 64% dos eleitores brasileiros terem rejeitado a proibição da venda de armas de fogo e munições num referendo popular, em outubro de 2005, o Brasil atingiu a marca de 56.337 homicídios no ano de 2012, a maior de sua história, de acordo com dados do SUS (Sistema Único de Saúde). Deste total, 40.077 pessoas foram mortas por armas de fogo, ou seja, 71% de todas as mortes. O número total de homicídios ocorridos no Brasil em 2012 representa 10% de todos os crimes do tipo no mundo, segundo o Relatório Global de Homicídios da UNODC de 2013 (Escritório da ONU para Drogas e Crime, na sigla em inglês).
Embora o país já tenha uma legislação que controla o porte e o uso de armas de fogo (o chamado Estatuto do Desarmam…