Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2014

A DIREITA NACIONAL E INTERNACIONAL FACE AO BRASIL ESTÁ DANDO UM TIRO NO PÉ

Imagem
A direita nacional e internacional face ao Brasil está dando um tiro no próprio pé

Estou republicando este artigo, corrigido, do Governador do Rio Grande do Sul – Tarso Genro – considerado por ninguém outro que o sociólogo eminente de Coimbra e de Austin (USA) Boaventura de Souza Santos como um dos maiores intelectuais do Grande Sul do Mundo. O título de sua reflexão não é esse que dei acima.Ele é mais  analítico e lhe deu o título correto A INTERNACIONAL DO CAPITAL FINANCEIRO, artigo publicado no Boletim Carta Maior de 29 de junho de 2014. Ele vem dar razão a argumentos que tenho brandido com frequência nos meus artigos sobre a voracidade do capital e sobre a espantosa e vergonhosa acumulacão que os rentistas e outras elites brasileiras detém e sobre a qual quase nunca se fala: quinze (15) famílias detem 5% do PIB nacional e 5 mil delas 45% do PIB segundo dados do especialista Marcio Pochamann. Muitos dentre estes que se filiam a visões conservadoras em política e com parquíssimo sent…

DEZ ANOS DE PT E A DESCONTRUÇÃO DO BRASIL

Imagem
Dez anos de PT e a descontrução do Brasil

Como um partido corrupto e incompetente pode conduzir um país ao abismo ? É o que pretende explicar José Gobbo Ferreira, Coronel reformado do Exército, autor do livro que pode ser baixado grátis em :
http://www.forte.jor.br/wp-content/uploads/2013/10/DEZ-ANOS-DE-PT-E-A-DESCONSTRUCAO-DO-BRASIL.pdf



Sobre o Autor :

José Gobbo Ferreira graduou-se Oficial do Exército na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) em 1962, e em Engenharia Química no Instituto Militar de Engenharia (IME). Concluiu o Mestrado em Engenharia Mecânica na Escola Federal de Engenharia de Itajubá (EFEI), hoje Universidade de Itajubá, e pós graduou-se em Economia, latu sensu, na Fundação Getúlio Vargas –RJ e na Coordenação dos Programas de Pós-graduação em Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPEAD).
A DESCONSTRUÇÃO DO BRASIL Por Arlindo Montenegro
O Sr. José Gobbo Ferreira é um brasileiro com formação de alto nível.  Atualmente é Professor de Economia convidado e m…

O MAIOR LEGADO DA COPA NO BRASIL

Imagem
O maior legado da Copa no Brasil

Por Ricardo Kotscho, no blog Balaio do Kotscho:

"Faz duas semanas, deixei um país em guerra, afundado nas mais apocalípticas previsões, e desembarquei agora noutro, na volta, bem diferente, sem ter saído do Brasil. Durante meses, fomos submetidos a um massacre midiático sem precedentes, anunciando o caos na Copa do Fim do Mundo.

Fomos retratados como um povo de vagabundos, incompetentes, imprestáveis, corruptos, incapazes de organizar um evento desse porte. Sim, eu sei, não devemos confundir governo com Nação. Eles também sabem, mas, no afã de desgastar o governo da presidente Dilma Rousseff, acabaram esculhambando a nossa imagem no mundo todo, confundindo Jesus com Genésio, jogando sempre no popular "quanto pior, melhor".

Estádios e aeroportos não ficariam prontos ou desabariam, o acesso aos jogos seria inviável, ninguém se sentiria seguro nas cidades-sede ocupadas por vândalos e marginais. Apenas três dias após o início da Copa, o "Ne…

A MÍDIA E SEUS ABUTRES, COVEIROS e GOIABA

Imagem
Abutres, coveiros e goiabas da mídia

Por Flávio Aguiar, de Berlim, no site Carta Maior:

"A campanha nacional e internacional contra o Brasil e os brasileiros disseminou três tipos de detratores do nosso país:abutres, coveiros e goiabas.

1- Os abutres

São os mais ideológicos de todos. No plano internacional, têm sido puxados por "The Economist" e "Financial Times". Para eles, o Brasil se assemelha a uma valiosa carniça a ser saqueada. O valor da carniça aumentou muito desde as descobertas na camada atlântica do pré-sal. Muitos deles mantêm uma pretensa elegância, muito própria para quem gosta de usar ternos de grife no trabalho. Seu estilo preferido é o prosaico analítico, com direito, vez por outra, a certos sarcasmos pesados, que eles veem como mera ironia, como a de comparar a nossa presidenta a Groucho Marx. Adoram elogiar o México e a "Aliança do Pacífico", como “respostas” ao Brasil e o Mercosul. No fundo, no fundo, o que querem é garantir o máximo …

OS BILIONÁRIOS E A FOME MUNDIAL : RIOS DE DINHEIRO E OCEANO DE TRISTEZA

Imagem
Os bilionários e a fome no mundo: Nunca é demasiado lembrar que habitamos um mundo em que o custo diário para alimentar uma criança com todas as vitaminas e os nutrientes necessários custa apenas 25 centavos de dólar.Os bilionários e a fome mundial: rios de dinheiro e oceano de tristeza
Os bilionários e a fome no mundo: poucas são as mãos levantadas em prol dos famintos do mundo. A preocupação dos “Imperadores do Mundo” é outraDe acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg, o mexicano Carlos Slim, dono de negócios no ramo de telecomunicações em 18 países, com uma fortuna avaliada em US$ 78,4 bilhões, é o maior bilionário do planeta. Depois dele, vem o cofundador da Microsoft, o norte-americano Bill Gates, com fortuna de US$ 65,8 bilhões, seguido pelo espanhol Amancio Ortega, fundador do grupo têxtil Inditex, dono da marca Zara, com US$ 58,6 bilhões. A soma dessas três maiores fortunas atinge US$ 202,8 bilhões.
Pelo lado dos brasileiros, os quatro maiores bilionários são: Jorge Paul…

"NÃO DÊ DINHEIRO AOS RICOS,ISTO OS TORNA VAGABUNDOS"

Imagem
(Foto: Ilustração)"Não dê dinheiro aos ricos, isso os torna vagabundos"
“E se eu dissesse que ‘dar dinheiro aos ricos os torna vagabundos?’ Por que usar a frase para os pobres é ser um ‘analista sensato da realidade’ e usar a frase aos ricos é ser um ‘canalha de um comunista safado’”?Vou voltar a um tema que eu adoro. Considerando que a renda do capital segue estratosfericamente maior que a do trabalho e os recursos usados para o pagamento de juros são bem maiores que os aplicados em programas sociais (em todos os governos, de FHC a Dilma), fico extremamente incomodado quando ouço ou leio pessoas reclamando que “dar dinheiro aos pobres os torna vagabundos”. É engraçado que ninguém reclama do dinheiro que vai às classes mais abastadas, que investem em fundos baseados na dívida pública federal. Grosso modo, muito vai para poucos e pouco vai para muitos. E, mesmo assim, sou obrigado a ouvir pérolas quase que diariamente, reclamando dos programas de transferência de renda, não no…

BRASIL ATINGE MELHOR ÍNDICE DE DESIGUALDADE SOCIAL DESDE 1981

Imagem
Brasil atinge menor desigualdade social desde 1981
O estudo também aponta melhora em relação a 2001 na redução das carências de atraso educacional ( 39,3% para 31,2%), falta de acesso à seguridade social (36,4% para 21,3%), (má) qualidade dos domicílios (4,9% para 4%), acesso a serviços básicos (40,9% para 32,2%)Com Coeficiente de Gini de 0,508, apontado pela Síntese dos Indicadores Sociais (SIS), divulgada na última semana pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil atingiu em 2011 sua menor desigualdade de renda em trinta anos – em 1981, o indicador era 0,583. O País, porém, continua um dos países mais desiguais do mundo, longe da média da União Europeia, cujo Gini – índice de zero a 1, que sobe com a disparidade de rendimentos- chegou a 0,305 em 2010 e no ano passado foi 0,290 na Alemanha, 0,308 na França e 0,244 na Suécia. A pesquisa apontou outros sinais de queda na distância entre os ricos e os pobres brasileiros, como a redução na renda dos 20% mais ri…

QUEM É CONTRA O BOLSA FAMÍLIA OU É MAL-INTENCIONADO,OU ESTÁ MAL INFORMADO

Imagem
Bolsa Família: matrícula de crianças na  escola é pré-requisito obrigatório para  famílias receberem benefício (Foto: Arquivo) Quem é contra o Bolsa Família ou é mal-intencionado, ou está mal-informado. Publicações científicas e ONU atestam eficiência do programa.Sempre que a oportunidade aparece, ressuscita a campanha contra o Bolsa Família. Seu objetivo não é acabar com o benefício. É tão impossível quanto acabar com o salário mínimo, o Natal, o nascer do sol. As metas são outras: manter o Bolsa Família com o menor valor possível, enxovalhar a reputação de quem o recebe, influenciar a opinião pública para que se torne politicamente difícil a criação de outros benefícios semelhantes, e bater no governo. A quem interessa? Aos que têm outros destinos para o dinheiro dos nossos impostos. Recentemente, a correria por conta dos boatos sobre o fim do Bolsa Família ressuscitou os zumbis de sempre. As questões habituais se arrastaram para fora da tumba: o Bolsa Família é bom? É justo? Não é um e…